GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 25 de março de 2011

EXPERIENCIA DE VIDA DE ALFONSO MABILDE

Algumas tribos praticavam o antropofagismo, segundo relato, aqui no Rio Grande do Sul, segundo relato de um belga chamado Afonso Mabilde........que caiu nas mãos dos kaingangs e não foi trucidado porque trazia um binóculo e que foi considerado pelos kaingangs muito útil para vigiar a aproximação dos inimigos. Este ficou refém por dois anos, até conseguir fugir, neste meio tempo, foi anotando em papel tudo o que presenciava e vivia junto aos selvícolas.
Afonso Mabilde era um construtor naval, belga,, nascido no ano de 1806, e veio par ao Brasil fugindo da perseguição por não querer participar  do serviço militar. Veio para o Rio de Janeiro -o nome dele era de fato ALFHONSE- arrumou trabalho na empresa Carrole & Forbes encarregada pelo governo iperial do Brasil para melhorar a barra de Rio Grande(agora porto) Em 1833 já estava aqui no Rio Grande do sul, e começou a fazer   o levantamento hidrográfico.El 1835 quando eclodiu a Revolução Farroupilha as obras foram paralizadas , pois o Rio Grande do sul lutava contra o Império brasileiro. Abandonou aquela empresa e veio para Poro Alegre em busca de trabalho e meios de subsistência. Começou a trabalhar nas demarcações e aberturas de estradas e logo em 1836 , quando estava em Santa Cruz empenhado na abertura de uma estrada caiu prisioneiro nas mãos dos índios coroados ou kaingangs onde passou com eles dois anos e meio.Registrou estes dois anos de convivência com eles-forçada, é claro- como poucos....como media terras, abria estradas, construía tinha depois mesmo de ser libertado pelos índios muito contato com eles nestas andanças.Apesar de ter sido aprisionado tinha afeição pelos índios e revolta com os maus tratos dispensados a estes.Deixou muitos escritos que narram o comportamento, costumes e um outro olhar sobre os que os outro chamavam de "selvagens"