GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 23 de junho de 2012

Raposo Tavares

Os bandeirantes são orgulho para alguns Estados brasileiros, para outros foram "pintados" como heróis, no entanto, fica a pergunta: heróis ou bandidos?

domingo, 15 de abril de 2012

CONTINUANDO

ITALIANOS AGUARDANDO PARA EMBARCAR NOS NAVIOS
Deixaremos para discorrer sobre as guerras entre os gaúchos e o Império brasileiro, guerras internas, guerras cisplatinas e passaremos em seguida para um tema que muitos já esqueceram, a IMIGRAÇÃO DE EUROPEUS PARA O BRASIL E OUTROS PAÍSES DA AMÉRICA.

sexta-feira, 6 de abril de 2012

quinta-feira, 5 de abril de 2012

terça-feira, 27 de março de 2012

A MAIOR PRAIA DO MUNDO

FAZ PARTE DA HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL, QUEM SE INTERESSAR INDICO ESTE SERIADO DA RBS TV A MAIOR PRAIA DO MUNDO, TRATA DOS CAMPOS NEUTRAIS, ISTO É, LOCAL QUE NÃO PERENCIA NEM AOS PORTUGUESES NEM AOS ESPANHOIS.

http://youtu.be/u_WS5IYFPNE-ACESSE AQUI

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

COMENTARIOS ADCIONADOS E RECEBIDOS

1 – 6 de 6 Na America do Sul o trabalho dos jesuítas começou em 1580 e foram até 1640 instalando as Missões na Bacia platina. em 1680 quando da Fundação da colonia do Sacramento, que pouco durou por causa das disputas estre Portugal e Espanha pelo domínio do Território.Foram destruídos. voltaram em 1682 e foram até 1801, quando fundaram os SETE POVOS DAS MISSÕES. No auge da sua missão , com muita riqueza e fartura para todos os indígenas desta região, houve outro conflito que colocou definitivamente por terra todo o trabalho. a grande maioria da população indpigena reduzida foi dizimada e as construções se transformaram em ruínas, que existem até hoje em muitos lugares, do paraguai ao Rio grande do sul.






Tudo começou quando o soldado espanhol Ignacio de Loyola foi ferido em uma batalha no ano de 1521. Durante a recuperação converteu-se ao catolicismo.Ele era filho de fidalgos, mas despojou-se de todos os bens materiais.ganhou seguidores , estudou teologia e em 1537 ordenou-se sacerdote em Veneza.fundou então a companhia de jesus , que foi reconhecida em 1540.andavam pelo Mundo, na India, no japão e por fim na américa.Educadores e engajados na política deixaram sua marca por onde passaram.




sono contento di poter conoscere una realtà così diversa dalla mia di europeo -PIERLUIGI CIBIN



A CHEGADA DOS JESUÍTAS NA AMÉRICA DO SUL DEU-SE BEM ANTES DO QUE GERALMENTE É COMENTADO. VEJAM QUE NO SÉCULO XVI OS DISCIPULOS DE LOYOLA, O SOLDADO DE DEUS , JÁ SE ENCONTRAVAM ENTRE OS POVOS INDIGENAS. DESTES PRIMEIROS DOIS SÉCULOS DE TRABALHO POUCO RESTOU, POIS O QUE TINHA SIDO CONSTRUIDO NO PARAGUAI, ARGENTINA, PARTE DA BOLIVIA FOI DESTRUÍDO NA DISPUTA PELO TERRITÓRIO ENTRE OS PORTUGUESES E OS ESPANHÓIS. NA REGIÃO DE PASSO FUNDO/CIRÍACO NADA FICOU POIS NÃO HOUVE TEMPO DE CONTRUIR NADA. A REDUÇÃO DE SANTA TERESA DUROU DE 1632 A 1636/37.DISPERSOS OU APRISIONADOS OS INDÍGENAS REDUZIDOS DESPARECERAM POR UM BOM TEMPO. OS JESUÍTAS VOLTARAM PARA FUNDAR DEPOIS OS SETE POVOS DAS MISSÕES, NO SÉCULO XVII E A PAZ E PROSPERIDADE DUROU POR QUASE UM SÉCULO. NOVAMENTE NA DISPUTA PELO TERRITORIO PORTUGAL E ESPANHA SE ENGALFINHARAM E ENTÃO SIM...SÓ SOBRARAM RUÍNAS E OS POVOS INDIGENAS DO RIO GRANDE DO SUL NUNCA MAIS FORAM OS MESMOS!




O FILME A MISSÃO É UM RETRATO REAL DE ACONTECEU NOSSEULO XVI/XVII ANTES DA CRIAÇÃO DOS SETE POVOS DAS MISSÕES.





FAMILIA DE BILIBIO, UNS DOS QUE VIERAM HABITAR EM CIRIACO.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

FOTOS REPRESENTATIVAS/videos

TERMOS USADOS:

-elevado à freguesia: significava que um determinado lugar povoado teria uma administração própria, podendo comparar como fosse uma Paróquia da Igreja Catolica.;

Estâncias Gaúchas

SESMARIAS

CARTA DE CONCESSÃO DE SESMARIA
quadro representando o povoamento por sesmeiros, na verdade se tornavam donatários de  grandes latifúndios.


história Brasileira » Brasil Colônia »

Sesmarias


Por Lucas Araújo Oliveira


Antes de se falar sobre o que significa sesmaria, e como foi utilizada esta divisão no Brasil, convém explicarmos um pouco o contexto em que fora inserido o sistema. Sistema este, que passou a ser implantado a partir da expedição de Martim Afonso de Souza para o Brasil em 1530, o qual intuía: o melhor reconhecimento, exploração das terras brasileiras por parte da Coroa e início de organização administrativa.

A partir da expedição e, por causa dela ,o governo português percebeu que seria necessária uma melhor organização das terras brasileiras nas relações entre os colonos que aqui estavam, mas principalmente para com os representantes da coroa portuguesa. Isso por quê era necessária uma distribuição de terras e funções administrativas para que fosse possível controlar os tributos e as fronteiras da nova terra. Neste contexto surgem as capitanias hereditárias: lotes de terra que que dividiam o Brasil em 15 regiões norte-sul paralelas ao equador do litoral aos limites  do Tratado de Tordesilhas.

Ocorre que, mesmo com metade de seu território atual e, mesmo com as divisões propostas pelo sistema de capitanias, o Brasil era ainda uma terra de dimensões continentais na visão da coroa; pouco colonizada e principalmente, pouco produtiva. Então, surge mais um artifício para a exploração da terra: as sesmarias. Iniciadas  e incluídas a partir do capitão-donátario de uma capitania, as sesmarias eram lotes de terra menor, que eram doadas a um sesmeiro com o intuito de principalmente tornar a terra produtiva.  O sesmeiro tinha então a  partir do recebimento do lote, a obrigação de cultivar a terra por um prazo de cinco anos, tornando-a produtiva e pagando os devidos impostos à Coroa. É no contexto das sesmarias que surge a plantation, sistema vastamente utilizado na exploração européia da América consistindo na utilização de mão-de-obra escrava em plantações.

O sistema de distribuição de terras por sesmarias perdurou até 1822, quando a resolução de 76 pôs fim a esta modalidade de apropiação de terras. O sistema sesmaria poucas vezes satisfez as expectativas iniciais de produção. Isto por quê, ou pelas grandes dimensões territoriais ou pela má administração e fiscalização, raramente as terras tornavam-se produtivas. Ainda hoje pode-se dizer que são reflexos da apropiação sesmarial, os latifúndios brasileiros.

Fonte:
 Bibliografia: Fausto, Bóris- História do Brasil –2006.

FOTOS DAS ULTIMAS POSTAGENS, TERMOS USADOS

 
beleza do lugar
SÃO JOSÉ DOS AUSENTES.
LUGAR TURISTICO
LOCALIZAÇÃO NO MAPA DO RIO GRANDE DO SUL

Situada no extremo nordeste do Rio Grande do Sul, São José dos Ausentes é a região mais alta e fria do Estado. Emancipado em 1992, o município fez da preservação ecológica a tônica da vida comunitária, elegendo como sua vocação o desenvolvimento do turismo rural ecológico.

Nos três dias de roteiro, o passeio de mula inclui muita aventura e as paisagens belíssimas da serra gaúcha, constituída por exuberantes ecossistemas naturais dos Aparados da Serra, que formam coxilhas sinuosas onde exibem belas cachoeiras e rios de águas límpidas e cristalinas.

Logo que a turma chega, é levada para a Pousada Fazenda Monte Negro. A pausa para o jantar é obrigatória, afinal, muita atividade vem pela frente e é preciso guardar fôlego e energia para vencer as dificuldades da serra dos canyons. Assim é o pernoite, uma parada para descansar.

Depois do café da manhã, o pessoal já começa a encilhar as mulas. O início da cavalgada em campo aberto, no lombo das mulas, ocorre a uma altitude média de 1350 metros, seguindo sobre os Aparados da Serra. A mata dos Aparados abriga uma rica fauna e flora nativas, onde pode-se observar Araucárias, pica-paus, veado campeiro, bugios e outros animais.

O passeio contorna o Canyon da Encerra e desce o Canyon da Serra do Pilão, onde termina na Vila Três barras e há uma pausa para o almoço. A comida, típica e farta, não pode deixar de ter o famoso churrasco gaúcho de galpão, com farofa e arroz carreteiro.

A descida de mula pelos canyons é uma boa oportunidade para se conhecer as belezas da serra gaúcha, a mata nativa, a flora típica e bem preservada dos Aparados. Tudo o que se precisa é de disposição para a fazer a aventura - que vale a pena.

ORIGEM DAS INFORMAÇÕES ANTERIORES E FOTOS:INTERNET.

Por ser um lugar inóspito ainda no tempo presente não é de se estranhar que os primeiros sesmeiros não tenham assumido a posse da terra doada.

domingo, 29 de janeiro de 2012

OS AÇORIANOS E A FUNDAÇÃO DE PORTO ALEGRE

AÇORES;FONTE :ENCICLOPÉDIA LIVRE

mapa com todas as ilhas
Localização geográfica

Topografia dos Açores (imagem gerada a partir dos dados altimétricos da missão SRTM/NASA).
Os Açores são um arquipélago que, embora situado precisamente sobre a Dorsal Média Atlântica, devido à sua proximidade com o continente europeu e à sua integração política na República Portuguesa e na União Europeia é geralmente englobado na Europa.

O arquipélago situa-se no nordeste do Oceano Atlântico entre os 36º e os 43º de latitude Norte e os 25º e os 31º de longitude Oeste. Os territórios mais próximos são a Península Ibérica, a cerca de 2000 km a leste, a Madeira a 1200 km a sueste, a Nova Escócia a 2300 km a noroeste e a Bermuda a 3500 km a sudoeste. Integra a região biogeográfica da Macaronésia.

OS ACORIANOS E A FUNDACAO DE PORTO ALEGRE.
O ARQUIPÉLAGO DOS ACORES  SOB O COMANDO DOS PORTUGUESES DESDE  1439 FOI COLONZADO POR PORTUGUESES, HOLANDESES, ESPANHÓIS, FRANCESES,ÁRABES E JUDEUS.JÁ EM 1620 AS ILHAS SUPERPOVOADAS, A POPULACAO VIVIA EM PENURIA E O BRASIL AINDA MUITO PARA POVOAR....PODIA-SE DIZER ERA UM DESERTO.HUMANO.
O BRIGADEIRO SILVA PAIS  SOLICITOU QUE O GOVERNO DE LISBOA ENVIASSE PARA A COLONIZACAO DO SUL DO BRASIL CASAIS DE ACORIANOS . NO ANO DE 1748 JÁ APORTAVAM EM SANTA CATARINA , EM 1749 EM RIO GRANDE, EM 1752 NO PORTO DE VIAMAO , QUE DEPOIS FOI DENOMINAPO POR ISSO DE PORTO DOS CASAIS.TAMBEM EM RIO PARDO, SANTO AMARO, TAQUARI,TRIUNFO,CONCEICAO DO ARROIO, ESTREITO, MOSTARDAS....DIVERSOS LUGARES DO RIO GRANDE DO SUL.
O NUMERO ERA EM TORNO DE 4.000 CASAIS, COMO REGISTRAM DOCUMENTOS OFICIAIS.
JÁ EM 1780 O NUMERO DE ACORIANOS NO RIO GRANDE DO SUL JÁ APONTAVA 10,503 INDIVIDUOS.E UM NUMERO SIGNIFICATIVO DE 55% DA POPULACAO RIOGRANDENSE.
OS ACORIANOS NÃO ERAM DADOS Ä SESMARIAS, MAS A PEQUENAS PROPRIEDADES, CADA CASAL RECEBIA UM QUARTO DE LEGUA(  ) EM QUADRADO , DUAS VACAS, PRACAS E CONSTRUCAO DE UMA IGREJA E UM SACERDOTE DAS PROPRIAS ILHAS  PARA ASSSITI-LOS.
CULTIVAVAM TRIGO, MAS COMO AS AUTORIDADES GOVERNAMENTAIS COMPRAVAM E NÃO PAGAVAM PARARAM DE PRODUZIR...DESCONFIO QUE FOI AÍ O INICIO DA ROBALHEIRA DOS GRANDES EM RELACAO AOS PEQUENOS NO BRASIL....
DEIXARAM ENTAO OS ACORIANOS DE PLANTAR E SE TRANSFORMARAM EM CRIADORES DE GADO, LATIFUNDIÁRIOS.
FORAM CONCEDIDAS  ENTRE OS ANOS DE 1780 E 1800 MAIS DE CEM ESTANCIAS.
EM 1814 UM GRANDE NUMERO DE ACORIANOS TAMBEM RECEBERAM SESMARIAS NA REGIAO MISSIONEIRA.
A ELITE DO POVO PORTUGUES ERA ACORIANA, PERTENCENTE Á NOBREZA PORTUGUESA.
NÃO ERAM DADOS Ä BELIGERANCIA.
MULHERES BONITAS, ESBELTAS, MUITO BRANCAS E DE OLHOS AZUIS, MOSTRAVAM A DESCENDENCIA FLAMENGA DOS POVOADORES DOS ACORES.
ERAM RELIGIOSOS E DEVOTOS DO ESPIRITO SANTO.A TRADICAO.FAMILIAR ERA DE MUITA RELIGIOSIDADE NAS FAMILIAS.
MAIS TARDE, EMBORA NÃO GOSTASSEM DA VIDA MILITAR OBRIGARAM-SE A PEGAR EM ARMAS  PARA DEFENDER SUAS PROPRIEDADES.
COM O TEMPO MISSIGENARAM-SE COM OUTRAS ETNIAS: PAULISTAS, LUSOS, ESPANHÓIS, INDIOS....CONTRIBUIRAM COM A COSNTRUCAO DO CARATER DO GAÚCHO ATUAL.
FUNDACAO DE PORTO ALEGRE.
JERONIMO D E ORNELAS MENEZES E VASCONCELOS, INTEGRANTE DA TROPA MILITAR DE JOAO DE MAGALHAES , NATURAL DA ILHA DA MADEIRA , FIXOU RESIDENCIA NO MORRO DE SANTANA NO ANO DE 1752. EM 5 DE NOVEMBRO DE 1740 OBTEVE A POSSE DEFINITIVA DAS TERRAS ONDE HAVIA SE ESTABELECIDO.
O SITIO DO DORNELES, ÉRA O NOME CONHECIDO DESTA PROPRIEDADE.
QUANDO AS MISSOES FORAM TOMADAS ESTE SITIO FICOU NO CAMINHO ENTRE AS MISSOES E RIO GRANDE.FICOU COMO UM LUGAR DE POUSO E ESPERA PARA A GENTE ACORIANA QUE SE DESTIVANA A POVOAR A REGIAO MISSIONEIRA.
ESTE SÍTIO DO DORNELES MAIS TARDE APARECE COMO PORTO DOS CASAIS.
NA VERDADE OS ACORIANOS NÃO ERAM DESTINADOS A FUNDAR PORTO ALEGRE, MAS  ALGUNS FICARAM POR ALI, PELO SITIO DO DORNELES AO DERREDOR :SANTO AMARO, RIO PARDO, TRIUNFO, TAQUARI.
DEPOIS DA CHEGADA DE  JOSE MARCELINO DE FIGUEIREDO EM 1769, OS POUCOS CASAIS DE ACORIANOS QUE MORAVAM NO PORTO DOS CASAIS PRINCIPIOU A MELHORAR  , POIS INICIOU-SE A FORMACAO DE UM POVOADO, QUANDO COSNTRUIRAM A ERMIDA DE SÃO FRANCISCO DE CHAGAS. JERONIMO MUDOU-SE DA FAZENDA DORNELES PARA  TRES IRMAOS, ASMARGENS DO RIO CAÍ, ONDE FUNDOU UMA ESTANCIA CHAMADA DE SANTA ANA DO RIO DOS SINOS.
COM A INTENCAO DE FUNDAR  UM POVOADO DESAPROPRIARAM A FAZENDA D E INACIO FRANCISCO,QUE FORA DE JERONIMO,.ISTO FOI FEITO  A PEDIDO DO BISPO DO RIO DE JANEIRO  D. FREI ANTONIO DO DESTERRO  AO GOVERNADOR JOSE MARCELINO DE FIGUEIREDO . ENTAO ESTE BISPO CRIOU NO ANO DE 1772 A FREGUESIA DE SÃO FRANCISCO , NO ANO DE 1772, EM 1773 MUDARAM O NOME PARA NOSSA SENHORA MADRE DE DEUS DE PORTO ALEGRE.
DIZ-SE Que  ESTE NOME PODE TER SIDO DADO EM HOMENAGEM Á PRINCESA D.MARIA, FILHA DE D.JOSE I , E Á FAMOSA  ,RAINHA   D. MARIA  I, MAE DE D.JOAO VI.
ASSIM PROGREDIU A POVOACAO COM DESCENDENTES DE ACORIANOS, MAIS 60 PAULISTAS TRAZIDOS PELO GENERAL GOMES FREIRE DE ANDRADE .NO ANO DE 1773 O GOVERNADOR MARCELINO TRANSFERIU DE VIAMAO PARA O NOVO POVOADO A CAPITAL DA PROVINCIA E A PARTIR DAÍ A CAPITAL DO RIO GRANDE DO SUL  PASSOU A SER PORTO ALEGRE ATÉ O TEMPO PRESENTE.
EM 1780 PORTO ALGRE JÁ CONTAVA COM 1.200 HABITANTES E FOI ELEVADA A CATEGORIA DE VILA.
QUADRO RETRATANDO A CHEGADA DOS CASAIS AÇORIANOS
E ASSIM NASCEU NOSSA LINDA CAPITAL PORTO ALEGRE.
,

PORTO ALEGRE NO TEMPO PRESENTE

AS PRIMEIRAS SESMARIAS

AS PRIMEIRAS SESMARIAS

(.........

Fundada a   FORTALEZA  JESUS-MARIA-JOSÉ   pelo Brigadeiro SILVA PAIS  iniciou-se  a povoação efetivamente no ano de 1723 por lagunistas( habitantes de Laguna) implantaram invernadas(fazendas de gado) trasportado este da VACARIA DO MAR –gado selvagem)  e colocaram na faixa litorânea entre SÃO JOSÉ DO NORTE E TORRES.
As  duas primeiras sesmarias  foram  doadas  em 1732 no atual município de TRAMANDAI , uma para MANUEL GONCALVES RIBEIRO E OUTRA A  FRANCISCO XAVIER RIBEIRO , estes dois já lá se encontravam  faziam cinco anos criando gado.
No  ano seguinte foram concedidas numerosas sesmarias . No ano de 1736 o CONDE DE  SARZEDAS  )estava autorizado por carta régia a doar sesmarias a quem quisesse vir se estabelecer no RIO GRANDE DE SÃO PEDRO. Entre o estreito e o Chuí  foram concedIdas Sesmarias .
Nomes de sesmeiros que ali se estabeleceram: DOMINGOS MARTINS, FRANCISCO DE SEIXAS, MANUEL DE BARROS,JOSÉ  SILVA,MANUEL GONCALVES  BRANDAO ,MIGUEL  PEREIRA, FRANCISCO XAVIER, DOMINGOS ROBALO, FERNANDO RIBEIRO, ENTRE OUTROS.
Era a estrat;egia dos portugueses para tomar posse da terra, enquanto os espanhóis se dedicaram mais a fundação de povoamentos que depois se transformanvam  em cidades
Mais SESMARIAS  foram concedidas em 1738 nos CAMPOS DE VACARIA  a JOSE FERREIRA CHAVES, , JOAO DA SILVA SOUSA E MANUEL ALVES, mas estes não efetivaram a posse por isto deu origem ao nome de SÃO JOSÉ DOS AUSENTES.
Entao foi necessário procurar outros sesmeiros dispostos a se isntalar nos CAMPOS DE VACARIA, e foram doadas terras a  CRISTÓVAO PEREIRA DE ABREU,FRANCISCO DE SOUSA FARIA  E A PEDRO DA SILVA CHAVES. Por morte de CRISTOVAO PEREIRA  JOAO BATISTA FEIJÓ  , do Rio de janeiro  arrematou esta em leilão público.
Familias inteiras chegavam para incentivar o desenvolvimento  que era praticamente até então composto só de militares. Tropeiros, estancieiros, soldados, comerciantes , aventureiros afluíam de SÃO  PAULO , do  RIO DE JANEIRO, DE MINAS GERIAS, DE PERNAMBUCO,DA COLONIA DO SACRAMENTO,  DE LISBOA,  e assim foram povoando o imenso território riograndense, que então assim era chamado de  CONTINENTE DE SÃO PEDRO.
A capela chamada de CAPELA GRANDE DE VIAMAO  foi fundada em 1741 , dedicada a NOSSA SENHORA DA CONCEICAO , por FRANCISCO CARVALHO CUNHA , na ESTANCIA GRANDE , VIAMAO  foi elevado a categoria de freguesia(   )  em 3 de dezembro do ano de 1747.
Observamos que, como vieram famílias  de diversos ËSTADOS, ENTAO CHAMADOS PROVINCIAS- DO BRASIL é um erro a discriminação que o gaucho sofre por outros Estados no tempo presente, lembrando que se foi povoado por paulistas, mineiros, cariocas, lisboetas,etc....antes da chegada dos imigrantes europeus, o Rio Grande do Sul  tem um pouco de cada “sangue””....esperamos que esta história seja conhecida , e talvez seja por isso que o RIO GRANDE DO SUL é um povo hospitaleiro, que gosta de receber pessoas tanto de outros Estados no tempo presente, quanto estrangeiros.Esperamos que, sendo a história do primeiro povoamento conhecida, os outros brasileiros residentes em outros Estados se sintam também um pouco “gaúchos  

  
,    

O POVOAMENTO DO RIO GRANDE DO SUL

REDUCOES JESUÍTICAS E HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO  SUL
POVOAMENTO DO TERRITÓRIO RIO GRANDENSE
PRECISAMOS  DISCURSAR SOBRE A FUNDACAO PELOS PORUGUESES DE ALGUNAS POSTOS OU POVOADOS ESTRATÉGICOS NO RIO GRANDE DO SUL  POIS  ENQUANTO OS FATOS HISTÓRICOS ACONTECIAM PESSOAS ERAM TRAZIDAS, PESSOAS   SE INSTALVAM  EM DIVERSOS LUGARES  E IAM POVOANDO  ESTA TERRA.
UM ACONTECIMENTO ESTRATÉGICO FOI A FUNDACAO DE RIO GRANDE
Fonte:história do Rio Grande do Sul, de Fidelis Dalcin Barbosa

Diz assim no inicio:”o território rio-grandense atraia  levas de sertanistas, procedentes do Rio de Janeiro , de  Santos, da Colonia do Sacramento.....Pousos e currais foram surgindo ao longo dos primeiros roteiros””
No entanto a posse da   terra oficialmente ainda não se dera e os portugueses  resolveram então levantar uma fortaleza , uma cidade governamental  e neutralizar a pretensao  de aventureiros de tomar posse e naturalmente dos espanhóis .sobre estas  grandes áreas despovoadas....haviam também por aqui piratas franceses e outros estrangeiros.....
Descobriu-se há não muito tempo que um  judeu português chamado Antonio da Costa foi aprisionado por franceses e ele  que comandava um navio negreiro e pretendia povoar o espaço que se achava despovoado....Este pirata contatou até a corte russa, por intermédio de um príncipe que se chamava  PRÍNCIPE CANTEMIR..
Entao no ano de 1736 a coroa ESPANHOLA E PORTUGUESA tomando conhecimento destes fatos  chegou ä conclusão  que era eminente um desembarque aqui nestas terras gaúchas de ingleses ou até russos.
Era necessário fazer algo....  Uma armada (   )zarpou no dia 11   de  fevereiro  de  1737 e chegou ä barra do Rio Grande de São Pedro  no dia 15 do mesmo mês com 254 homens a bordo....
E desembarcaram efetivamente em 19 de fevereiro de1737. E levantaram uma estacada. No dia seguinte SIlVA PAIS foi examinar   as defesas  cosntruídas por ali; em PASSOS  da MANGUEIRA E DO ARROIO.Cristóvao  Pereira com 160 homens sob seu comando já haviam levantado pequenos fortins em vários pontos e reunido 1.500 cavalos.Lembremos que os cavalos eram  tão essenciais nas batalhas quanto os soldados.
Em poucos dias SILVA PAIS  dava por construída a obra que chamaram de FORTALEZA DE JESUS MARIA JOSÉ. Em 2 de marco de 1737 o PADRE JERONIMO PEREIRA(NÃO SE SABE EXATATEMENTE SERIA SEU SOBRENOME PEREIRA OU RIBEIRO) celebrou uma missa, a primeira ali.
No passo seguinte SILVA PAIS  construiu ao oeste outra fortificação com madeira da Ilha dos Marinheiros e material de sambaquis(...)Levantou ali uma capela que chamaram de SANTA ANA  , a primeira padroeira do Rio Grande do Sul ,depois em 25 de agosto de 1757 esta cedia lugar ä SÃO PEDRO.
Ali  na FORTIFICACAO DO ESTREITO se organizaram com 44 pecas de artilharia ,414 soldados e 31 oficiais , comandados por ANDRÉ RIBEIRO COUTINHO.
Desceram depois pelo CANAL DE SÃO GONCALO E PELA LAGOA MIRIM , SILVA PAIS mandou então levantar sobre os restos de uma paliçada militar castelhana , o FORTE DE SÃO MIGUEL  ,atualmente em território Uruguaio, no CHUÍ.
O primeiro comandante militar do RIO GRANDE DO SUL  tratou de trazer da COLONIA DO SACRAMENTO  mais 150 homens para desenvolver inicialmente as lides pastoris e agrícolas . Fundou  ESTANCIA REAL  de BOJURU, 80 km ao norte do CANAL D0 RIO GRANDE.

Em 26 de marco  de 1737 , o TRATATO DE PARIS () ASSEGURAVA A PAZ ENTRE Portugal e ESPANHA  . Apesar disso , GOMES FREIRE  mandou organizar um regimento de DRAGOES , uma tropa de cavalaria com 600 homens ,cuja sede Era EM RIO GRANDE. 
Em 11 de dezembro de 1737 SILVA PAIS   retirou-se de Rio Grande e foi para o GOVERNO INTERINO DO RIO DE JANEIRO.
Estava fundada a povoação de RIO GRANDE  como ponto estratégico de defesa do território riograndense e a FORTALEZA JESUS MARIA JOSÉ, A PRINCIPAL.
OBSERVEMOS QUE NESTES ANOS TODOS EM QUE PERDUROU A PENINSULA IBÉRICA A UNIDADE ENTRE ESPANHÓIS E PORTUGUESES ERA SÓ “DE MENTIRINHA”” ELES ERAM REALMENTE INIMIGOS UNS DOS OUTROS NO QUE DIZIA RESPEITO A POSSE DAS TERRAS RIOGRANDENSES.        





FONTE:ENCICLOPÉDIA LIVRE
SOBRE JOE SILVA  PAIS


José da Silva Pais


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

José da Silva Paes
Nascimento

1679
 Lisboa
 Morte
 14 de novembro de 1760 (81 anos)
 Lisboa
 Nacionalidade
 Português

Ocupação

Militar e administrador colonial
 José da Silva Paes[1] (Lisboa, batizado em 25 de outubro de 1679 — Lisboa, 14 de novembro de 1760) foi um militar e administrador colonial português.

Esteve envolvido em diversas situações e localizações, nas disputas territoriais entre portugueses e espanhóis no território que hoje é a região sul do Brasil. Não raro batia-se com seu rival espanhol nestas disputas, Dom Pedro de Ceballos.

Com o propósito de manter o território em mãos de Portugal, foi incumbido de construir o Forte Jesus, Maria, José, que originou a vila e depois a cidade do Rio Grande em 1737. Aquela área era objeto de incursão espanhola comandada por Dom Pedro de Ceballos, que por duas vezes a tomou.

Na ilha de Santa Catarina, enquanto esteve em mãos espanholas, sob o domínio de Dom Pedro de Ceballos, o brigadeiro incursionou e tomou-a para os portugueses, permanecendo como governador da ilha.

Foi o primeiro governador da capitania de Santa Catarina, de 7 de março de 1739 a 25 de agosto de 1743, reassumindo o governo de 20 de março de 1746 a 2 de fevereiro de 1749.

Projetou e construiu as fortalezas que constituíram o sistema de defesa da ilha de Santa Catarina:



PLANTA DO FORTE JESUS-MARIA-JOSÉ

VISTA DO ALTO- O QUE SOBROU DO FORTE NO TEMPO PRESENTE