GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

OS VENTOS NO RIO GRANDE DO SUL

NO RIO GRANDE DO SUL OS VENTOS TÊEM  NOME:

1-MINUANO
2-PAMPEIRO OU PAMPEANO
3-NORDESTÃO
4-SUDESTE-O QUE VEM DO LITORAL OU ESTÁ NO LITORAL, LOCAIS PRÓXIMAS A  ELE.


Vento minuano ou simplesmente minuano é o nome dado à corrente de ar que tipicamente acomete os estados brasileiros do Rio Grande do Sul e região sul de Santa Catarina. É um vento frio de origem polar (massa de ar polar atlântica), de orientação sudoeste, algumas vezes também classificado como cortante. Ocorre após a passagem das frentes frias de outono e inverno, geralmente depois das chuvas.
Seu nome deriva dos Minuanos, um grupo indígena que habitava os campos no sul do estado brasileiro do Rio Grande do Sul.
Este dói .....e assovia.....

-PAMPEIRO-

Este sopra do continente , vem da região do pampa argentino.até está escrito em "castelhano".
Nós, gaúchos, raramente falamos "a lingua espanhola" mas sim " a lingua castelhana, o castelhano, ve dos tempos da  conquista, do reino de Castela.

Pampero

    
El Pampero es el pasaje de un frente frío (viento frío con ráfagas), proveniente de la Antártida, por lo tanto es una masa de Aire Polar, que sopla desde el sur o el sudoeste de las pampas de Argentina y de Uruguay.
En general, se produce con el pasaje de un frente frío, y a menudo, es acompañado de líneas de tormenta y de un brusco descenso de la temperatura.
Se lo llama «Pampero húmedo» cuando produce lluvias, «Pampero sucio» cuando va acompañado de tormentas de polvo y aún no ha llovido, y «Pampero limpio», cuando el viento se limpia de polvo (por efecto del temporal de lluvia).
Lo más frecuente es que los pamperos predominen durante los meses del invierno austral (desde fines de abril a fines de agosto) y que sean "secos" ya que suelen soplar desde la Antártida en una diagonal que va desde el cuadrante S.Ó. (SW) hacia las áreas anticiclónicas del N.E., al tener esta circulación precipitan la mayor parte de su humedad en las laderas occidentales de los Andes patagónicos, por este motivo aunque suelen provocar frentes fríos e incluso de temperaturas nivales es poco común que produzcan grandes nevadas (aún cuando las temperaturas estén a -0 ºC o incluso menos).


-NORTE OU NORDESTÃO-virou até letra de música! é um vento forte  e úmido;pedacito da canção:

SE UM DIA EU PUDESSE TER
A FORÇA QUE TEM OS VENTOS
IRIA VARRER DO PAGO
TANTOS DESCONTENTAMENTOS.

-DO SUDESTE Uma frente fria avança pelo litoral do Sudeste e o ar frio e úmido que chega do mar forma muita nebulosidade no leste da região, com previsão de chuva e temperatura baixa. este vento tem causado ultimamente as tempestades extratropicais, que até impedem os barcos de sairem ao mar , é típico do Litoral, mas avança pelo continente, fazendo-se sentir a  muitos quilometros de distância, só que mais ameno.