GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A ERVA MATE COMEÇA A SER EXPLORADA PELOS ESPANHÓIS

Quando o governador Juan de Garay começou a formar astutatamente alianças com os ´´indigenas do Paraguai, cerca de 300.000 guarani viviam só no terrítório do Guaíra e tratou-os com sagaz benevolência.
Então os indígenas contaram aos espanhóis que consumiam uma erva de beber (caá=mate-em cuia -pequenas cabaças, por meio de um leve tubo de palha. Davam os índigenas uma explicação, como fosse um segredo, que Tupã lhes havia confiado através de um Pajé(feiticeiro) e contaram a eles dos males e das virtudes do tal chá. A bebida era saborosa, os seus benefícios fáceis de experimentar e positivos e assim é que foi sendo ensinado seu uso e os conquistadores começaram também a consumi-lo diáriamente.

Com a demanda de erva mate os encomenderos mandavam os indígenas andar até cento e cinquenta ou mais léguas de distância para pegar as folhas, demoravam mais ou menos um ano ou mais entre ir e voltar, e sucedeu que passando por tantas privações , doenças e perigos ao longo da tarefa começaram a morrer caravanas inteiras nos pantanais, nos despenhadeiros, suas ossadas eram encontradas aos lotes ou esparsas ao lado da carga-de caá-apodrecida ao longo das trilhas de então.

obs:uma légua equivale a 6.600 m aproximadamente.




monumento a Juan de Garay em Buenos Aires
Juan de Garay, explorador e colonizador, (15281583). Nasceu na cidade de Orduña, Biscaia, País Basco (Espanha) em 1528, ainda que alguns autores sustentam que era natural do município burgalês de Junta de Villalba de Losa vizinho de Orduña, e morreu em Punta Gorda, na atual Província de Santa Fé (Argentina) em 1583. Foi um explorador e colonizador espanhol que explorou o rio Paraná e fundou, entre outras, as cidades Santa Fé e Buenos Aires (em sua segunda fundação