GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

onça pintada

na SERRA GAÚCHA QUANDO DA CHEGADA DOS IMIGRANTES ITALIANOS CONTA-SE CASOS DE ENCONTROS, NÃO MUITO AGRADÁVEIS , COM ONÇAS, AGORA NÃO MAIS EXISTE ESTE TIPO DE ANIMAL AQUI

EM PASSO FUNDO, O "BUGREIRO " MAIS CONHECIDO , JOSÉ DOMINGUES DE OLIVEIRA QUIS FAZER A "GAUCHADA" DE LAÇAR UMA ONÇA E MORREU DEPOIS EM CONSEQUENCIA DOS FERIMENTOS., o que está nos ANNAES DO MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, ESCRITO POR FRACISCO ANTONINO XAVIER E OLIVEIRA.

O QUE ERA UM "BUGREIRO:

O PRIMEIRO A REGISTRAR A PASSO FUNDO ANTIGA.
Quando começaram os tropeiros a vir de São Paulo , como tinham que passar por CAMINHOS INDÍGENAS-ONDE HOJE SÃO AS ESTRADAS - POR EXEMPLO DE VACARIA A PASSO FUNDO- eram apenas trilhas, OS VIAJANTES(TROPEIROS) SE VALIAM DESTES BUGREIROS,  que haviam feito amizade com os indígenas que aí moravam para não atacar as caravanas que ESTES (OS BUGREIROS) indicavam com um sinal, no caso de José domingues de Oliveira, os índigenas o reconheciam por um "pala" que era o sianl de não atacar. Por vezes os bugreiros deixavam os indigenas atacar e depois dividiam os espólios com eles.digamos que eram homens rudes , mas não de confiança!