GUERRA GUARANÍTICA

GUERRA GUARANÍTICA
A RESISTÊNCIA

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

RELATO DO PRIMEIRO PERÍODO JESUÍTICO

RELATO DO PRIMEIRO PERÍODO DAS REDUÇÕES JESUÍTICAS EM PASSO FUNDO.


AQUI TENHO ESTE LIVRO PASSO FUNDO DAS MISSÕES,  É UM LIVRO RARO ESCRITO PELO PROFESSOR  PESQUISADOR JORGE  E.CAFRUNI, NÃO EXISTE MAIS  PARA VENDA, POR ISSO TENHO UMA CÓPIA DELE.
É TAMBÉM BASEADO NOS LIVROS DE ANTONINO XAVIER E OLIVEIRA E NARRA A ESTADA DOS PADRES JESUÍTAS AQUI EM PASSO FUNDO NA TENTATIVA DE FORMAR NOVAS REDUÇÕES.
 AQUI EM PASSO FUNDO A REDUÇÃO SE CHAMAVA SANTA TERESA, MAS DUROU APENAS QUATRO ANOS, POR ISSO NÃO CHEGARAM A ERIGIR TEMPLOS.
OS INDIGENAS QUE AQUI HABITAVAM ERAM CHAMADOS TAPES, MAS ERAM OS MESMOS GUARANIS E O CACIQUE SE CHAMAVA GUARAÉ OU QUARAÉ  QUE QUER DIZER “AQUELE QUE BATE FORTE” , ALGUNS O LIGAM AO NOME DO RIO QUARAÍ.
A TABA DO CACIQUE GUARAÉ FICAVA NO POVINHO DA ENTRADA OU POVINHO VELHO, BEM NA ENTRADA DE PASSO FUNDO, JUNTO ÀS NASCENTES DO RIO JACUÍ, na estrada que vai para Ciríaco, Lagoa Vermelha, vacaria.... E FOI ELE MESMO QUE MANDOU CHAMAR OS PADRES, POIS ACHOU BOA A ORGANIZAÇÃO  DE REDUÇÃO.
Os tapes dominavam  dali para a atual Passo Fundo, a outra parte que vai para Mato Castelhano,Campo do Meio,  era dominada pelos kaingangs, que eram inimigos dos Tapes.
Os Tapes – TAPE SIGNIFICA  “POVO GRANDE” – ficaram 4 anos apenas em contato com os jesuítas espanhóis, fundada em 1632 durou até 1637.
Os padres espanhóis introduziram o gado aqui nesta região de Passo Fundo, pois como as reduções da banda oriental do Uruguai já haviam sido destruídas eles tinham projetos de criar  aqui mais reduções. , mas que não se concretizaram.
Quando os padres voltaram do primeiro contato o cacique  Guaraé já tinha organizado a tribo em forma de redução, mas habitavam em ocas, toscos casebres.
Por aqui já andavam os Bandeirantes e na  véspera de natal estavam 4.ooo guaranis reunidos para a celebração , quando , de improviso chegou a Bandeira de André Fernandes,  chegou, entrou, participou da celebração e no final rendeu os padres espanhóis.
Os bandeirantes tinham interesses pessoais e para seus reis, suas coroas, que eram:
-procurar metais preciosos
-aprisionar índios e levá-los como escravos
-demarcação e povoamento do território
André Fernandes chegou na véspera de Natal trazendo consigo um padre jesuíta filho dele, chamado Francisco, português, que permaneceu AQUI POR 40 ANOS, DIZEM.
Criou um entreposto  aqui em Passo Fundo,  por onde passavam todos os bandeirantes  e depois os tropeiros que iam até o Uruguai, a Argentina e Peru, Bolivia  para as MINAS DE PRATA DO POTOSI.
Criado o entreposto e deixado o filho dele PADRE FRANCISCO,  JESUITA PORTUGUES   AQUI , ANDRÉ Fernandes  voltou para são Paulo, mas DIZEM, , morreu na viagem.
Quanto ao cacique Guaraé, não se sabe o destino, se fugiu, se foi morto, se foi aprisionado....
Os Bandeirantes  trabalhavam para o interesse de suas coroas, existe em São Paulo o busto de Raposo Tavares, que foi um dos maiores bandeirantes, mas a discussão, bandeirantes eram heróis ou bandidos?
Na verdade, eles estavam à serviço de seus reis , de suas coroas.
Então, a partir de 1637 é que começou o povoamento desta grande região, que era só mato.